Fique por dentro das nossas novidades!

Design de Embalagens – Tendências 2020

Tendências do design de embalagens para 2020, apesar do coronavirus.

Apesar de já estarmos em março eu resolvi falar de tendências do design de embalagens, até como um registro, porque com o aparecimento do coronavírus e todos os impactos que isso tem causado na economia mundial, as tendências do design podem mudar, mas com certeza muitas delas serão reforçadas.

Nos relatórios dos principais bancos de imagem como Adobe Stock, ShutterStock, Storyblocks e Depositphotos e o estudo mais recente da empresa global de brand design e inovação Packlab, aportam várias tendências baseadas nos dados de seus clientes.

Alguns deles já estão se confirmando: tendência para o ArtDeco e o design com uma estética Bauhaus onde o mínimo é o máximo! Designs mais planos com desenhos lineares e minimalistas (esqueça as sombras nas letras), contrastando com elementos tridimensionais.

Outra tendência interessante são os florais e plantas, mas não aqueles dos arabescos (uma tendência que já passo), mas sim gigantes em ilustrações ou fotos macro. De forma geral, um design mais emocional e honesto buscando se conectar mais com o consumidor, é uma forte tendência.

O preto também está de volta, agora minimalista, em backgrounds, texturas e fotos P&B onde a cor se destaca de forma pontual, criando visuais impactantes.

As tipologias exclusivas também são uma tendência que já vinha crescendo há alguns anos, mas que agora se intensifica, o que é uma ótima notícia para os typeface designers. E com o crescente interesse por caligrafia, existe uma tendência para as pinceladas a tinta chinesa e aquareladas.

Mas uma coisa é certa: a tendência do uso sustentável das coisas, mais do que nunca, inclui as embalagens. Existe um grande movimento no mercado em optar por embalagens reutilizáveis e recicláveis e em exigir dos fabricantes soluções que evitem desperdício e promovam a redução de custos das embalagens.

Na verdade poderíamos dizer que ser sustentável não se trata mais de uma tendência, mas sim de uma filosofia de vida, uma necessidade, algo que irá exigir atenção permanente.

A tendência sim é a conscientização das pessoas da necessidade de estendermos esse pensamento para todo o resto, não só para as embalagens e como as fabricamos, mas para a nossa vida diária, até nos pequenos atos. Portanto, a grande tendência é a mudança de comportamento gradual, mas definitiva em prol do planeta.

Embalagens com design vendem mais!

Esta é apenas a mais óbvia das muitas razões, para as empresas investirem no design das embalagens dos seus produtos.

A atenção do consumidor é muito disputada no ponto de venda em função da quantidade de opções de produtos e marcas.

Se o objetivo dos produtos é convencer o consumidor e vencer a competição entre os concorrentes disponíveis no mercado, além de uma boa comunicação, é fundamental uma embalagem com um bom design. Num mercado extremamente competitivo como o brasileiro, e com consumidores cada dia mais exigentes, é condição de sobrevivência para os produtos e empresas, transmitir credibilidade, conquistar e manter a preferência dos consumidores.

Em média 80% das escolhas entre as marcas são feitas nos ponto de venda e menos de 10% delas têm o apoio de outras mídias. Neste momento, a embalagem faz toda a diferença para conquistar estes consumidores. Por isso, a embalagem muitas vezes é decisiva para o sucesso do produto. Não basta apenas ter um excelente produto. Unir a estética, a forma e a função, todos em harmonia, fazem com que o produto seja percebido e desejado pelo consumidor, trabalha a marca e a imagem corporativa, além de marcar território frente a concorrência.

A embalagem com design é uma das formas mais eficientes para se conquistar a preferência do consumidor e um dos investimentos mais rentáveis, porque diferencia e chama a atenção nas gôndolas, produz sensações positivas sobre o produto, hipnotiza e o convence a comprar. Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional das Indústrias diz que, 75% das empresas que investiram em design de embalagem, obtiveram aumento nas vendas e, 41% dessas empresas conseguiram ainda reduzir o custo das embalagens utilizando recursos que só o design oferece. A pesquisa ainda provou que os consumidores preferem os produtos com embalagens mais atraentes. Todos estes fatores juntos, fazem como que o investimento em design nas embalagens dos produtos seja um investimento muito baixo frente aos benefícios que ele traz. Prova disso é o incentivo que muitas entidades como a Fiesp, o Senai e o Sebrae tem dado a projetos de design de embalagens e rótulos.

Desenvolver embalagens com design, não é tarefa fácil e muitas empresas fabricantes de produtos, por desconhecerem tudo o que envolve essa atividade, acabam confiando essa difícil missão a empresas que não tem essa especialidade. Mesmo assim, é crescente a demanda por empresas de design de embalagens que além de muita criatividade, também tenham profundo conhecimento do ponto de venda, tenham visão de negócios e conhecimento técnico que engloba conhecer as tendências de comunicação, sustentabilidade, posicionamento de marca e concorrência e até engenharia. São muitas as etapas: de exaustivos estudos até a concepção de um layout campeão, até o acompanhamento da introdução do produto, do desempenho nas vendas, e se necessário correções estratégicas, sem contar o conhecimento necessário sobre a legislação brasileira (e internacional) que impõe regras rígidas sobre as embalagens e rótulos e que podem causar grandes prejuízos quando não são respeitadas. Portanto, colocar design nas embalagem só faz bem. Bem ao produto, a marca e aos lucros.